Esse site agora é Aura Virgin Records.
Agradecemos sua visita!

ENTREVISTA EXCLUSIVA

Deep Factory concedeu uma rápida entrevista neste final de semana respondendo a algumas perguntas de internautas admiradores e fãs. Nela, ele fala um pouco sobre seu ultimo álbum GHOST e dos singles que estão fazendo parte da divulgação do álbum, além de algumas novidades exclusivas. Confira.

(Luccas Barto) Qual foi a ideia principal para a criação do álbum GHOST e qual foi sua inspiração?

(Deep) Inicialmente tratava-se apenas de um projeto direcionado a house music. GHOST na verdade foi bem além. Trouxe uma transição de estilos, uma inovação de ritmos e variações no modo de produzir. Acho que a inspiração veio desde minha adolescência, um fantasma que tenho em mim que ama house music de uma forma melódica, harmônica e eu de certa forma, ofuscava ele com elementos mais pesados criando apenas tribal house. Hoje como meu foco é apenas a produção musical, não tenho a obrigação de fazer algo pesado pra pista em casas noturnas. O nome Deep Factory já passou por lá, agora é a vez de tomar lugar ao sol, dentro de carros e dentro de casa durante o dia.

(Viviane Motta) O álbum e os singles foram feitos também em versão física como podemos ver no seu site. Quais foram os formatos? Como podemos adquiri-los?

(Deep) Bom, o formato físico sempre é feito, porém não em grande escala. Como a era digital vem tomando conta do mercado é praticamente inviável fazer grandes tiragens de um álbum ou single no formato físico, seja ele cd ou vinil. Mas ainda existem pessoas que gostam de tocar nas capas, nos discos e guardar como recordação ou hobby. GHOST foi lançado no formato mini vinil, ou seja, um Cd com embalagem de papelão similar ao vinil com encarte. Houve formato Deluxe com book de fotos e faixa bônus também. Já os singles SCORPYA e OMEGA que é o próximo laçamento, serão apenas em formato mini vinil no formato físico além do digital de costume. Os formatos físicos podem ser pedidos pelo contato aqui do site. 



(Maurício Moura) Existe algum modelo de divulgação que você usa como padrão para seus lançamentos como estilo de música, quantos singles para divulgar um álbum, vídeo clipes? Qual seria?

(Deep) Antes de mais nada é necessário uma análise de campo. O que está rolando lá fora. O que está sendo mais tocado. A projeção do single ou álbum é algo internacional, sendo assim, é algo que tem que agradar a toda cultura ao redor do mundo para ser sucesso. E isso é muito complicado de acertar a mão. Poucos conseguem, mas o lance é não deixar de tentar. Inovar sempre. Costumo lançar um álbum maior, contendo em média 10 faixas no final ou início de ano. Pelo fato dele ser digital em sua maioria, ele desaparece muito rápido das paradas. Sendo assim, os singles entram para mante-lo vivo e tocando. As faixas remixes são uma espécie de gancho, linkando algo novo ao que já foi lançado e talvez tenha passado despercebido. O tempo de trabalho e quantidade de singles, varia de artista para artista. Sobre videoclipes, gosto de fazê-los. É uma forma a mais das pessoa conhecerem seu trabalho. Mas nem todos os meus lançamentos em música vão ter algo oficial em vídeo. Muitos amigos mostram seu trabalho em meus vídeos também, editando e cedendo imagens. Sendo assim, alguns mostrados não são 100% de minha autoria.

(Veronica Lima) Há um rumor de um novo trabalho já pronto. Isso seria verdade, já que você ainda está divulgando GHOST?

(Deep) Sim, é verdade. Trabalho em todo meu tempo livre em produção. O álbum GHOST terá OMEGA REMIXES e logo após LA MUSICA DELL’EST REMIXES provavelmente lançado em Março. Após esse período começam as divulgações do novo trabalho. Totalmente diferente de tudo que já foi feito até agora. Esse novo álbum já esta sendo trabalhado desde o início de 2014, mas somente agora finalizamos. Tive a participação de muitos amigos na maioria das faixas. É um trabalho que me impressionou ao ser finalizado, e acredite, vai impressionar vocês também. 
Exclusiva capa do single La Musica Dell'Est

 Ao que tudo indica, o ano de 2015 vai ser mais um ano de muitas surpresas. Já estamos curiosos para saber mais sobre esse novo trabalho e para conhecermos o próximo single. Em nota, tivemos a informação de que a qualquer momento, iremos ter uma prévia do novo single LA MUSICA DELL’EST, e um seleto grupo de pessoas já teriam ouvido os remixes. 
Deep Factory Oficial. Powered by Blogger.

BIO

Projeto criado em 2005, por Daniel Ribeiro, voltado para a house music e suas vertentes. O nome vai muito além do ato de tocar, executar ou performar músicas. Trabalhamos com a arte em sua essência, desde a elaboração de contexto, conteúdo, roteiro e composição. Logo após, é feito o processo de produção musical, dando vida, nota por nota, acorde por acorde ao conjunto de ideias. No início mantivemos o estilo Deep House como marca, hoje abrangemos também o Progressive, Tech House, Tribal House, Vocal, Trance e Soulful.
As produções são distribuidas pela Aura Virgin Records em mais de 150 países nas principais plataformas digitais. Sendo assim, proporcionamos além de uma qualidade sonora incrível a comodidade de ter nosso trabalho em suas mãos através de smarphones, iphones e tablets.



VIRAL POST

PAGINAS

DEEP FACTORY

Spotify

Deep Factory agora é Aura Virgin Records

Agradecemos todo o suporte dado por todos esses anos. Após ser honrado pela minha brilhante trajetória como dj, hoje tenho a oportunidade de direcionar novos artistas ao mercado fonográfico. E por esse motivo, tive que abrir mão de um site apenas meu para dar lugar a mais artistas consagrados. E como administrador do selo, irei pessoalmente monitorar e postar atualizações para que todos tenham o melhor em conteúdo dos lançamentos feitos por la. www.auravirginrecords.com