NOVIDADES SOBRE NOVO ÁLBUM "NO WORDS"

Que é dia 31 de Agosto, todo mundo já sabe. Que o estilo predominante é House também. Agora o que ainda não havia sido divulgado é o tracklist do álbum, faixa a faixa. E após ouvirmos inúmeras vezes em primeiríssima mão, segue abaixo, um pouco do que está por vir.

NO WORDS
A faixa título lembra muito o antigo grupo Enigma, tem como base uma melodia extremamente viajante e mística. Essa faixa já estaria sendo trabalhada com vídeo a algum tempo, mas até agora, nada oficial. O bpm (batidas por minuto) é mais baixo, chegando a ser algo para se ouvir a qualquer momento. Uma baladinha lounge. 
AMAZING CARELESS
Segunda faixa do álbum, começa com uma levada dançante, já nos transportando para os clubes dos anos 90. O ritmo ja é mais house e convence logo nos primeiros segundos. Impressionante a evolução dos elementos nessa faixa que também já cogita-se para virar vídeo. 
THE BRAIN 
Faixa deliciosamente hipnótica. Daquele tipo de música que você começa a ouvir e em instantes já mexe alguma parte do corpo. Realmente parece que todos os sentidos são ativados nessa faixa e você já não consegue mais em hipótese alguma mudar a faixa ou desviar sua atenção. Realmente fantástica.
MOVIMENT 
Essa já tem mais cára de pista fervida do que as demais. Com um teclado que ja se imagina movimento e uma base mais acelerada, tem uma pegada que lembra muito alguns hits de Kylie Minogue. Nesse momento todo mundo estava dançando na audição. Impressionante reação. 
SUNDAY MORNING
Incrível faixa house comercial que ja começa com notas altas para animar ainda mais qualquer casa nos domingos pela manhã. Inspirada no antigo sucesso "Ritmo de La Notche" a faixa como as demais não possui uma sílaba cantada e até agora não sentimos falta também. 
THE BRAIN (Remix)
Finalizando a edição digital do álbum, um remix poderoso e mais pesado da versão anterior. Existe mudança na base e em alguns elementos que fazem dessa track, um marco definitivo na audição do EP. Algo para nunca mais se esquecer. 

Conclusão: Dos ouvintes do álbum, estiveram presentes empresários, dj´s e produtores de emissoras de rádio e rotularam "No Words" como uma OBRA DE ARTE. Deep Factory por sua vez já havia dito que trabalhava em algo que o descrevesse e que o álbum seria o começo de uma nova etapa na carreira, sendo o melhor já produzido até agora. Realmente faz jus ao título pois ficamos "Sem Palavras". Ao que tudo indica, a versão física do EP terá ainda mais algumas faixas que não foram divulgadas e que estariam também fazendo alguns exemplares em vinyl. Mas como de costume, postaremos tudo aqui para os fans do trabalho de Deep Factory.